segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

PERMITA QUE A VIDA LEVE O QUE TIVER QUE IR EMBORA…

E se a partir de hoje silenciássemos a nossa ansiedade e a necessidade de controle?
E se simplesmente deixássemos o fluxo da vida seguir sem interferirmos?
Afinal, tudo o que resiste, persiste.
Quando algo está desconfortável, causa dor, angústia, é hora de olhar de frente e entender o que tem se passado.

Talvez não gostemos da resposta, talvez não a aceitemos, talvez fechemos os olhos para ela com medo de encará-la, já que as consequências de ignorar ou lutar contra podem doer.

Não resista ao que já não te faz mais bem, ao que já não tem mais sentido de ser. Não vale a pena viver algo que já não te acrescenta, que já é vazio de sentido ou de sentimentos bons, que já não te traz mais paz.

Deixe que a vida defina quando os ciclos devem se iniciar e quando devem se findar.

Respire, relaxe e deixe que ela aja com toda a sua sabedoria porque tudo está exatamente como deve, você está exatamente onde deve estar e se a vida te mostra que é o momento de seguir por um novo caminho, vá de coração aberto para todas as novas possibilidades e espere sempre pelo melhor.

Pratique essas quatro palavras mágicas: ENTREGO, CONFIO, ACEITO E AGRADEÇO.

Beijos, beijos e muita luz!

Fonte do texto: escrito por Roberta Zanatta - via: https://osegredo.com.br/2016/07/permita-que-vida-leve-o-que-tiver-que-ir-embora/