sexta-feira, 14 de abril de 2017

AS PESSOAS SÃO DEFINIDAS POR SEU COMPORTAMENTO, NÃO POR SUAS PALAVRAS!

 Muitas vezes nos surpreendemos e até mesmo nos decepcionamos com o comportamento dos outros. Isso geralmente é um “antes e depois” para nós, porque nos sentimos decepcionados, e esse é um golpe difícil de ser gerido.

“Quando isso acontece, pode até ser complicado para nós especificarmos ou definirmos a razão pela qual ficamos tão impactados pelo o que a pessoa nos fez ou disse. Temos a sensação de que elas tentaram mascarar suas verdadeiras intenções através das palavras.”

A verdade é que a grande maioria das pessoas é bastante incoerente a este respeito, uma vez que muitas vezes prometem coisas que não pensam, não podem ou não querem cumprir. Pode até acontecer de não nos darmos conta desse “absurdo”, e apenas dizermos o que acreditamos ser socialmente aceitável, sem pararmos para pensar se realmente concordamos.
Não somos definidos pelo que dizemos, mas por como nos comportamos

De qualquer forma, o peixe morre pela boca. Temos que entender essa expressão no sentido de que podemos dizer o que quisermos, mas sempre considerando o que realmente sentimos e se vamos poder levar em conta.

Na verdade, eu digo que felizmente não nos definimos pelo que dizemos, porque senão viveríamos em um mundo perfeito demais para ser verdade. Ou seja, seria tão perfeito quanto falso.

“Por isso, perceba que é justificável e até mesmo desejável cometer esses erros, eles contribuem para as nossas relações mais maduras. Em outras palavras, a incerteza não é sinônimo de caos.”

No entanto, embora o mundo fosse ser muito chato se fôssemos todos perfeitos, é verdade que devemos procurar chegar a um ponto no qual nem tudo esteja premeditado e nem deixe de estar. Neste sentido, devemos tentar ser mais completos e consistentes possível, tomando cuidado para não magoarmos os outros ou falharmos em nossa autenticidade.
Não tenha medo de ignorar os outros

“O que você aprendeu depois de tanta dor, tantas traições? Então eu disse: “Eu aprendi a sempre sorrir.”

Às vezes, nós nos esforçamos para formarmos uma imagem do outro que nos atormenta. Normalmente as pessoas não são pretas ou brancas, mas têm muitas cores a cada momento.

Muitas vezes nos comportamos de forma demasiada rígida quando valorizamos os demais, o que faz com que nos decepcionemos. No entanto, em várias ocasiões não paramos para analisarmos a nós mesmos, cometemos o erro de pensarmos que nossos erros são menos graves e mais passageiros.

A solução se encontra, em parte, em nos livrarmos de todas as expectativas que fazem com que nos castiguemos por esperarmos dos outros, coisas que nunca vão chegar.

Somos seres de impulsos…

A verdade é que não é tão fácil ser consistente quando em qualquer momento suas emoções podem te cegar. Esta é uma possibilidade que está sempre presente e constantemente nos ameaça.

No entanto, não se enganem, temos que trabalhar para gerir nossas emoções. Devemos procurar avaliarmos cada situação de forma geral, e não nos decepcionarmos tão rapidamente com os outros ou com nós mesmos.

Não devemos nos castigarmos nem nos sentirmos culpados frequentemente, mas devemos evitar construir castelos no ar. Ou seja, uma coisa é: errar ser humano, e outra bem diferente é enganar. Não podemos confundir uma com a outra desculpar o outro.

“A melhor maneira de nos protegermos e curarmos de más experiências é nos livrando de nossas expectativas e imagens que criamos.

Nem todo mundo é bom e nem todos somos perfeitos, então nossa reação vai depender de valorizarmos tudo o que acreditamos que pode influenciar.”

Fonte do texto: La mente es maravillosa - Traduzido pela equipe do site O Segredo - Via: 
https://osegredo.com.br/2015/08/as-pessoas-sao-definidas-por-seu-comportamento-nao-por-suas-palavras/